Distrito dos Memes V2 – Brincando com Bombas

Fala invasores, tudo certo? Prontos para novas dicas de decks? Arrota-lodo aqui, com meu primeiro artigo, voltado com o distrito dos mems, para brincarmos um pouco com bombas, com decks bem divertidos para vocês testarem e subirem alguns ranks, (ou pelo menos tentar) hahaha.

As bombas

Estes decks são baseados em sinergia de bombas, mas não evocar as Bombas Goblínicas, e sim, focados em embaralhar bombas no deck oponente, e que causam uma grande quantidade de dano direto ao serem compradas.

Estes decks tentam tirar proveito da Bombardeira de Cequatrum, um lacaio neutro de custo 5 e corpo 5/5, com Grito de guerra: ‘Coloque uma Bomba no deck do oponente. Ao ser comprada, ela explode, causando 5 de dano’;  assim infestando o deck do oponente de bombas, e atrapalhando e muito as compras inimigas.

Este deck pode até mesmo ser considerado decks counter de decks Meca’thun, que estão bem presentes no meta atual,principalmente no meta livre, por seu grande poder de controlar a partida e finalizar com o combo, entretanto decks de Meca’thun são deck focados em comprar todo o seu deck, e pra isso ele tomaria dano suficiente para morrer; talvez o inimigo pode pensar em deixar de comprar cards, mas assim,  perde sua única condição de vitória, sendo o combo com o Meca’thun. 

O Deck Padrão
Código do deck: AAECAaIHBOvCAu0FtIYDgNMCDe0C5dECigHg+gLq5gL1gAObBd76AtvjAtzRAsXzAvH8AoHCAgA=

O deck de rogue foi montado por mim,custa 8140 de pó arcano e tem apenas 2 lendárias, o deck visa inutilizar os draws do oponente, infestando o deck com bombas, através de combos como Elekk Fortalecido + Bombardeira de Cequatrum, colocando mais bombas no deck, ou combos como Passo Furtivo + Bombardeira de Cequatrum, para ter a Bombardeira de Cequatrum de volta, ou Recrutador de Cobaias + Bombardeira de Cequatrum, e colocar ainda mais bombas no deck oponente.

O Elekk Fortalecido ainda tem ótima sinergia com Andarilho Fal’dorei, preenchendo seu deck com aranhas, que serão evocadas de forma “gratuita”.

invasores, divirtam-se!

Ainda temos o Menestrel Élfico, como uma excelente compra de cards e Espinheira Mortífera como indispensável hard removal, principalmente nesse meta com grandes lacaios.

O Cata-brilhosos da Caverna é um ótimo  lacaio, para filtrar o deck e te garantir uma remoção no início de jogo.

Ainda temos o Espírito do Tubarão, que nos possibilita combos ainda melhores, e devastadores, dobrando os gritos de guerra do deck, além de ter excelentes combinações, como Espírito do Tubarão + Elekk Fortalecido, potencializando ao máximo a mecânica de embaralhamento.

A Fada do Fogo, é um bom card de início de jogo, mas é fundamental para habilitar o combo da Espinheira Mortífera.

Por fim a Valira, a Nefasta por proporcionar um turno “safe” e principalmente por seu grande poder heróico, proporcionando formas mais efetivas de se lidar com a board, colocar mais bombas no deck oponente, ou criar uma board mais sólida.  

Dessa forma, conseguimos causar bastante dano direto ao oponente, enquanto criamos uma board sólida.

Entretanto o deck não vai tão bem contra decks mais ofensivos, por não ter formas tão efetivas de se lidar com a board ou se curar. Por isso colocamos mais cards para tentar controlar a pressão inicial dos decks aggro. O Leque de Facas é fundamental para tentar controlar a board, e se torna bem mais efetivas quando acompanhadas do Mago Sangrento Thalnos, proporcionando limpezas sólidas, além de um draw extra. A Lâmina de Necruim é uma excelente remoção, além de ativar o último suspiro da Macieira Apodrecida, que é uma excelente recuperação de vida, além de seu provocar, assim como o Besouro Folheado, que ainda é um ótimo lacaio para se ter no early game contra decks agressivos. O Agoureiro, por si só, pode destruir toda uma board, acabar com a pressão inicial do aggro e te colocar de volta ao jogo.

Escolhas Técnicas


Mas por que não utilizar Zola, a Górgona ou Sonya Bailavulto, ou até mesmo o Edwin Vancleef? Bem, os decks já tem diversos cards com sinergia de reutilizar os lacaios, julgando desnecessárias as duas primeiras lendárias, enquanto Vancleef não teria maneiras efetivas de se criar corpo tão grande no early game, ou tantas draw no late game, para ativar seu combo, então colocamos mais cartas para tentar aguentar a pressão de decks aggros.

Mulligan


Contra decks agressivos, procure manter seus lacaios de early game, como Agoureiro, Besouro Folheado. Lâmina de Necrium, e lacaios de early game, como Cata-brilhoso da Caverna e Recrutador de Cobaias.  Leque de Facas, especialmente com Mago Sangrento Thalnos na mão.  

Contra decks controle tente manter  Andarilho Fal’dorei, Menestrel Élfico, Espinheira Mortífera e Valira, a Nefasta.

O Deck livre

Código do deck: AAEBAQcEhRfoD6DOApL4Ag2D+wKiBI7OApEG+wz1gAOpFfgH/wfMzQJLnvsC8fwCAA==

Mas, se você ainda assim continua sofrendo para os decks agressivos, ou é um jogador do modo livre, pode utilizar o control bomb warrior, deck criado pelo Barão Rivendare para esses casos, custando 10040 de pó arcano e com 3 lendárias, entretanto, muitos desses cards são de aventuras.

O deck tem várias remoções e formas efetivas de controle de board, já conhecidas por todos, claro, o control warrior é conhecido por isso. Cards como Briga e Lâmina Sangrenta são excelentes formas de limpar a mesa, enquanto também tem hard removal com Executar, Trombar e Escudada; dessa forma, consegue-se ganhar contra decks agressivos, simplesmente controlando a board.

Com grande ganho de armadura, consegue suportar a fadiga, ainda mais com a Mão do Morto, enquanto seu oponente pode não conseguir, o que é facilitado pelo Oráculo da Luz Fria, que pode também queimar draws do seu oponente. Ainda é uma excelente compra de cards, ao lado de Levantar Escudo e Acólito da Dor.

Ainda podemos quebrar totalmente turnos do oponente utilizando o Geist Esquivo, principalmente em decks como os de Druida e Caçador.

Agora vamos falar sobre o combo: além da Bombardeira de Cequatrum, contamos com a Jaganata de Ferro, para encher ainda mais de bombas o deck oponente.

O Brann Barbabronze é um ótimo taunt psicológico, e também pode ser utilizado com o Oráculo da Luz Fria, Lâmina Sangrenta e Dinamitron, gerando bastante valor.

Escolhas Técnicas


E por que não utilizar a Ilusionista Violeta, para evitar o dano da fadiga? Bem, como o intuito do deck é counterar decks com Meca’thun, entendemos que o oponente estará bem a frente na fadiga, enquanto nós ganhamos 4 de armadura por turno.

O Machado de Guerra Abrasador e a Mordida da Morte não entraram no deck pois a Lâmina Sangrenta é mais eficiente para se controlar o board e acabar com a pressão inicial dos aggros.

Por fim, Senhor do Flagelo Garrosh é dispensável, já que contra decks agressivos, eles não terão mais pressão no late game, e contra decks control você não quer trocar seu poder heróico do Dr. Cabum, o Gênio Louco.

Mulligan


Contra decks agressivos, procure manter seus cards de controle de board, como Trombar, Lâmina Sangrenta, e Briga.

Contra decks controle procure manter Executar, Dr. Cabum, o Gênio Louco , Acólito da dor, Levantar escudo, e Escudada.

Agora vão e testem os decks, são bem divertidos e quem sabe possam fazer um oponente com Meca’thun dar rage quit hahaha. Vale a pena o teste.

Até mais …

Facebook Comments

Matheus Henrique

Um jogador do modo livre, fã dos decks aggros, (apesar do nick , Arrota-lodo haha), e que joga com todas as classes, sem preferencia, contanto que o deck seja agressivo, haha! FACE IS THE PLACE!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *